Gancho de Aventura – Fanatismo

Bem, meu povo. Mais uma vez estou eu aqui tentando trazer algo de RPG para vocês. Dessa vez vou dar uma nova olhada naquela minha idéia de usar músicas para nos inspirarmos para o RPG. No gancho de hoje eu me insperei na música Cry for the Moon, da banda Epica (vídeo com a música e tradução mais embaixo) e também no gancho de aventura que o Bena postou ha alguns dias que tratava da cidade do Benfeitor. Continuem lendo para conferir.

Primeiro, curtam o vídeo com a música e as legendas em português.

Ok, agora vamos ao principal, o gancho.



Localização
Bem, qualquer cidade em qualquer reino poderia sediar esta aventura, porém aconselho uma cidade de médio porte. Quando os jogadores chegarem a esta cidade (em algum momento a escolha do mestre) eles se depararão com uma forte propaganda de alguma divindade menor. Essa divindade deve ser escolhida pelo mestre, mas cabe dizer que deverá ser uma divindade de tendencia bondosa, cujos principios sejam a caridade e o auto sacrificio. 
Todos na cidade demonstram uma certa fé nesta divindade, porém logo os personagens poderão constatar que em muitos casos essa fé parecerá um disfarce.

O Confronto
Em um dado momento, depois que os jogadores estiverem familiarizados com os ideais da divindade e com os fieis “fingidos” eles se depararão com uma cena que pode perturbar um pouco. Um morador da vila (eu colocaria uma senhora de certa idade para deixar um pouco dramático) é arrastada para fora da casa e espancada pelos devotos da divindade. O crime da mulher: adorar um dos vinte deuses maiores do panteão (a escolha do mestre de novo, mas recomendo que seja a divindade do clérigo ou paladino do grupo). Nenhum dos outros moradores oferecem ajuda a pessoa e se os jogadores tentarem interferir serão alertados para deixar que as coisas aconteçam, eles não seriam os primeiros a tentar impedir.
A população
Como já disse antes, a população toda demonstra sua fé no deus benfeitor com altares e oferendas, mas a maioria parece fazer isso por medo de sofrer as consequências do que por fé. Porém ninguém vai falar abertamente com o grupo sobre os problemas da cidade. Se questionadas as pessoas dirão que a divindade cultuada trouxe boas colheitas, paz e tranquilidade. Porém, se os jogadores decidirem investigar mais a fundo cedo ou tarde serão confrontados pelos seguidores que aplicarão a punição merecida ao grupo (provavelmente esses seguidores serão é triturados, mas…).
O Inimigo
Ha, eu não direi quem é o inimigo, ponha sua cabecinha pra funcionar e pense em alguém. Porém, darei algumas ideias.
  • A divindade cultuada na cidade realmente existe, mas não como é apresentada inicialmente aos jogadores. Um deus menor maligno cujos seguidores usam da farsa do bem maior para controlar a cidade.
  • A divindade não existe. Alguém poderoso criou a história para disfarçar suas açoes e ajudar a manter o controle sobre as pessoas. Nesse caso estamos falando de algum criminoso ou coisa do genêro.
  • O inimigo verdadeiro é um clérigo de algum deus maior maligno que está usando a farsa da divindade boazinha para disfarçar seus propósitos verdadeiros, que podem ser inúmeros.
Pois é, é isso ai. Espero que essa idéia possa ajudá-los em alguma coisa e possa gerar uma aventura e quem sabe uma ligação para uma campanha.
Sem mais, até mais! 
Esse post foi publicado em Dicas, Ganchos de Aventura, Inspiração, Lukas, RPG. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Gancho de Aventura – Fanatismo

  1. Benaduce disse:

    Excelente gancho, Lukas. Só acho que uma pequena cidade (não vila nem povoado, cidade mesmo) seria melhor.

  2. É, foi um pequeno deslise meu, a ideia inicial era uma cidade de pequeno ou no máximo médio porte, pq um vilarejo ou povoado é muito pequeno pra dar espaço para investigações e tal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s